A problemática de “A transcendência do ego” de Sartre

Texto escrito pelo colaborador: Túlio Vinícius – graduando em filosofia pela PUC-SP

O problema que Jean-Paul Sartre aborda no artigo A transcendência do ego: esboço de uma descrição fenomenológica, publicado pela primeira vez em 1936 na revista “Recherches Philosophiques”, é um problema clássico da “filosofia transcendental”, já enfrentado por Immanuel Kant e Edmund Husserl. Contudo, através de suas mãos o problema ganha uma face fenomenológica, deixa o âmbito da “filosofia transcendental” – da doutrina que investiga as condições de possibilidade do conhecimento – e passa ao campo da investigação fenomenológica, tal como Sartre a compreende em seu artigo 1. O problema enfrentado por Kant e Husserl era o da passagem do ego da consciência transcendental para o ego empírico. Mas, para Sartre, trata-se de saber como e porque uma consciência que não tem originalmente nenhuma estrutura egológica, ou seja, é uma consciência impessoal, se dá um objeto tal como o ego para, em seguida, se projetar nele e se identificar como sendo ele. É com esta pergunta em mente que Sartre anunciará nas primeiras linhas de seu artigo o seu objetivo: “Nós queremos mostrar aqui que o Ego não está na consciência nem formal nem materialmente: ele está fora, no mundo; é um ser do mundo, tal como o Ego de outrem” 2.

Sartre inicia seu artigo se debruçando sobre a apercepção transcendental de Kant: “devemos concordar com Kant que o ‘eu penso deve poder acompanhar todas as nossas representações’” 3. Contudo, para Sartre os neo-kantianos tendem a pensar como sendo de fato o que é de direito, ou seja, eles tendem a pensar como fato o que Kant considerou apenas como possibilidade lógica, pois a crítica kantiana trata das condições de possibilidade do conhecimento, e uma destas condições é que o “eu” deva sempre poder acompanhar qualquer uma das nossas representações. Destarte, não se pode concluir da apercepção transcendental de Kant “que um ‘eu’ habita, de fato, todos os nossos estados de consciência e executa realmente a síntese suprema da nossa experiência” 4. Em outros termos, segundo Franklin Leopoldo e Silva, a “questão que

[Sartre] se coloca é a seguinte: esse operador supremo de sínteses cognitivas é um ser ou uma função? Para Kant, manifestadamente é uma função” 5.

Assim, se Sartre concede a Kant a questão de direito, resta, contudo, decidir a questão acerca da existência de fato de um ‘eu’ na consciência. Para esclarecer a constituição do ego, Sartre retorna ao pai da fenomenologia, Husserl, e diz ser este um problema existencial:

“Os problemas das relações do Eu com a consciência são, portanto, problemas existenciais. Husserl reencontra e apreende a consciência transcendental de Kant através da epoché [“redução fenomenológica”]. Mas esta consciência já não é um conjunto de condições lógicas, é um fato absoluto” 6

  Continuar lendo

E-Book – Deleuze

Link Geral no 4Shared – Aqui

Deleuze – Curso Sobre Spinoza.doc

Deleuze & Felix Guattari – Mil Platôs Vol. 1.doc

Deleuze & Felix Guattari – Mil platôs Vol. 2.doc

Deleuze & Felix Guattari – Mil Platôs Vol. 3.doc

Deleuze & Felix Guattari – Mil Platôs Vol. 4.doc

Deleuze & Felix Guattari – Mil Platôs Vol. 5.doc

Deleuze – A Concepção da Diferença em Bergson.pdf

Deleuze – A Idéia de Gênese na Estética de Kant.pdf

Deleuze – A Ilha Deserta.doc

Deleuze – A Imanência uma Vida.doc

Deleuze – A Literatura e a Vida.pdf

Deleuze – Causas e Razões das Ilhas Desertas.pdf

Deleuze – Cinco Proposções sobre a Psicanálise.pdf

Deleuze – Conditions de la Question Qu’est-ce que la Philosophie.pdf

Deleuze – Conversações (Espanhol).pdf

Deleuze – Critica y Clinica.pdf

Deleuze – Curso Sobre Leibniz .pdf

Deleuze – Deseo y placer.pdf

Deleuze – Diccionario de filosofía.doc

Deleuze – Diferenca e Repeticao.pdf

Deleuze – Empirismo e Subjetividade.pdf

Deleuze – Espinosa Filosofia Prática.pdf

Deleuze – Fala da Filosofia.pdf

Deleuze – Francis Bacon Logica da Sensacao.pdf

Deleuze – Gilbert Simondon.pdf

Deleuze – Jean-Jacques Rousseau.pdf

Deleuze – L’image Mouvement (cours).pdf

Deleuze – La Imagen Tiempo – Estudios sobre cine 2.pdf

Deleuze – Lógica del Sentido.pdf

Deleuze – Nietzsche – Estranhos Ensinamentos.pdf

Deleuze – Nietzsche e a Filosofia.doc

Deleuze – O Ato de Criação.pdf

Deleuze – O que é um Dispositivo.doc

Deleuze – Platão e o Simulacro.doc

Deleuze – Proust e os signos.doc

Deleuze e Claire Parnet – Diálogos (rev).pdf

Deleuze e Foucault – Os Intelectuais e o Poder.pdf

Deleuze y Foucault – La Vida como Concepto Politico.pdf

Deleuze y Guattari – Kafka. Por una literatura menor.rar

Deleuze Y Guattari – Mil Mesetas El Antiedipo.PDF

 

Na falta de algum, tente aqui.

http://vsites.unb.br/fe/tef/filoesco/foucault/biblio.html