Resumo da “Poética” – III – Espécies de poesia imitativa, classificadas segundo o modo da imitação; narrativa, mista, dramática. Etimologia de “drama” e comédia.


Com os mesmo meios pode o poeta imitar os mesmo objetos.

  • Quer na forma narrativa ( assumindo a personalidade de outros, como o faz Homero, ou na própria pessoa, sem nunca mudar)
  • Quer mediante todas as pessoas imitadas, operando e agindo elas mesmas.

“Por isso, num sentido, é a imitação de Sófocles a mesma a de Homero, porque ambos imitam pessoas de caráter elevado; e, noutro sentido, é a mesma que a de Aristóteles, pois ambos imitam pessos que agem e obram diariamente.” ARISTÓTELES. Poética. Coleção Os Pensadores. Abril Cultural. 1973. Pp 445

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s